Canaleta ou viga?

Estou construindo uma casa de três cômodos(1 é sala e cozinha) de 86,6 metros quadrados. O pedreiro me disse que a viga pode ser substituída pela canaleta, mas estou na dúvida. Iremos colocar a laje de isopor mais leve. O que vocês me indicam??

Canaleta ou viga?

Estou construindo uma casa de três cômodos(1 é sala e cozinha) de 86,6 metros quadrados. O pedreiro me disse que a viga pode ser substituída pela canaleta, mas estou na dúvida. Iremos colocar a laje de isopor mais leve. O que vocês me indicam??

Você tem alguma pergunta?
Pergunte à comunidade

21 Respostas

Respostas úteis 19
Robson Albuquerque Brandão
RFB Arquitetura e Gestão de Obras (São Paulo Zona Sul, São Paulo) RFB Arquitetura e Gestão de Obras - há 1 año

A melhor resposta é: procure um Engenheiro Civil. Ele te orientara, com uma visita no local, a melhor solução para o problema. Não se dá soluções de problemas de construções por internet. O melhor caminho e contactar um bom Engenheiro Civil e o mesmo irá ao local para diagnosticar e te dar a melhor reposta.

Responder
UENDEL GABRIEL GERMANO
UENDEL GABRIEL GERMANO
Particular - há 1 año

Boa tarde!!!

Como engenheiro civil, especialista em calculo estrutural, concordo com o que foi dito acima pelos colegas, exceto pelo fato de alguns atribuirem o vão de até "3,0 m" sendo como ideal para canaleta. Vale ressaltar que existem inumeros parametros a serem analisados antes de dizer que qualquer vão menor que 3 m pode ser utilizado canaleta. Um deles e não menos importante é o SOLO que pode variar em poucos metros tanto em profundidade quanto a distancia. Outro fator comum nas cidades é a carga dinamica, movimentação de onibus nas ruas, execução de obras vizinhas, etc. Tudo isso pode influenciar no desempenho estrutural de uma canaleta mesmo que "cheia e armada". Muito confundem a execução de canaleta em solo com a usada em radier e são completamente diferente o comportamento de ambas.

Portanto o melhor a ser feito é contratar um engenheiro civil ou se possivel um com entendimento para estruturas. Nem digo como muitos "caso nao seja possivel faça viga" porque ate mesmo para uma viga é preciso saber o que vai ser colocado pois poderá subdimensionar ou superdimensionar a viga tanto na armadura longitudinal quanto na transversal.

Antonio Carlos Fernandes

Jucilaine,

Como alguns colegas responderam, a melhor solução é procurar um engenheiro civil para conhecer a situação e lhe dar a melhor solução. As canaletas são utilizadas para distribuição da carga em paredes estruturais, ou seja, com blocos estruturais. Já as vigas tem a função de distribuir a carga para os pilares.

Espero ter ajudado.

Responder
Athos Ribeiro de Lucena
Cálculo Engenharia (Santos, São Paulo) Cálculo Engenharia - há 1 año

Vc só deve usar canaletas armadas conforme dimensionamento se estivesse usando blocos estruturais, o que não é o caso, portanto, cabe a contratação de um engenheiro civil para fazer um projeto da superestrutura e principalmente da fundação que deve analisar as características do solo onde está sendo erguida a obra.

Responder
Iasmin Straobel
Iasmin Straobel Projetos (Lages, Santa Catarina) Iasmin Straobel Projetos - há 1 año

Bom dia,

O ideal seria conversar com um Engenheiro Civil e realizar um projeto estrutural da edificação. Caso não seja possível, o mais recomendado ainda é a viga.

Responder
Forte Engenharia e Construção
Forte Engenharia (Santos, São Paulo) Forte Engenharia - há 1 año

Olá, o dimensionamento é feito a partir de algumas diretrizes como, tamanho do vão da laje, pavimentos, etc.. tudo influência nas cargas dinâmicas e estáticas da estrutura.. de qualquer forma, canaleta é utilizada para execução de cintas de amarração, vergas e contra-vergas, podendo ser utilizadas na suportação de lajes (no lugar de vigas) apenas quando as mesmas estiverem sobre paredes de alvenaria estrutural, e as mesmas não poderão ser removidas posteriormente.

As “vigas canaletas” devem ser armadas da mesma forma que a viga convencional e respeitando o cobrimento mínimo da armadura.

Espero ter ajudado, porem meu conselho é o mesmo de todos acima... É nossa responsabilidade (engenheiros) definir os tipos de materiais e dimensões, principalmente de estruturas, contrate um engenheiro ao menos para um laudo técnico da situação atual da sua obra e um responsável técnico para que não haja problemas futuros, muito mais caros.

Abraço e boa sorte.

Responder
Marcos Muro
Muro Geotecnia (Barueri, São Paulo) Muro Geotecnia - há 1 año

O ideal é conhecer o cálculo estrutural que sustenta a estrutura, que deve ser consultado pelo engenheiro civil. Mesmo com uma laje mais leve de isopor não significa que a estrutura seja suportada pela canaleta. Recomendável a consultoria pelo profissional , para não ocorrer em problemas no futuro. A sugestão do pedreiro foi válida como uma alternativa, mas recomendo a consulta técnica, pois se a ideia original era viga mudanças de projeto geram outros problemas, não só estruturais.

Responder
Ugo Mieli
Trinum Construção (São Paulo Zona Sul, São Paulo) Trinum Construção - há 1 año

O profissional correto a tomar qualquer decisão em obra éo engenheiro civil, não o pedreiro.

Deveria iniciar com um projeto do que deseja, onde antes de iniciar a obra saberia quais serviços serão necessários para a sua execução.

É mais econômico e seguro contratar um engenheiro.

.

Responder
José Carlos Da Silva
JLG (Mauá, São Paulo) JLG - há 1 año

Bom dia, amigo;

como já foi falado não haverá problema se os vãos forem de até 3mts, isso e verdade, apesar que eu indico a viga, até mesmo porque para uma futura construção de sobrado a viga lhe daria mais tranquilidade.

E vendo que a casa só três 3 cômodos, e atinge 86 m² então com certeza esses vãos são maiores que 3 mts

Responder
Vagner Amorim Magalhães
Vm Projetos E Construção (Alumínio, São Paulo) Vm Projetos E Construção - há 1 año

Bom dia Jucilaine,

Se você está construindo uma casa de três cômodos com 86,6 metros quadrados, em teoria são 5x5 metros. Se for esse o caso sua melhor ação é chamar um engenheiro para fazer uma analise da situação. Como os colegas já disseram você realmente pode ter problemas se não usar o elemento certo.

Responder
Cassiana Franco Design
By Ca (Itatiba, São Paulo) By Ca - há 1 año

Se perguntar para...

Um serralheiro a melhor opção será a metálica

Para um Pedreiro será de alvenaria

Para um Carpinteiro a melhor será de madeira.

Eu indico consultar um Engenheiro Civil, que analisará seu ambiente e te indicará opções que serão seguras, para curtir sua casa sem imprevistos.

Responder
Rui Teles
Teles&teles Construções (São Paulo Zona Leste, São Paulo) Teles&teles Construções - há 1 año

vãos entre pilares no Max. 3 mts, considerando que as paredes também sejam de blocos de concreto, sem problemas, caso as paredes sejam de 15 de espessura, as canaletas devem ser armadas.

Responder
ScalaTécnica Estruturas Metálicas

A ScalaTécnica se sente honrada em poder ajudar com sua dúvida.

R: Se a laje for menor que 3m não há problema se bem armada...

Só atuamos na fabricação e instalação de estruturas metálicas para residências, galpões, mezaninos, etc... mas nossos engenheiros, arquitetos e técnicos por possuírem vasta experiência pode lhe dar dicas, sugestões e soluções para suas necessidades aqui no portal.

A disposição;

ScalaTécnica Estruturas Metálicas

Responder
Willians
I9 Construção Reforma E Servicos. (São Paulo Zona Sul, São Paulo) I9 Construção Reforma E Servicos. - há 1 año

como Engenheiro Civil, te oriento a fazer um estudo de caso com um engenheiro que tenha conhecimento aprofundado em infra-estrutura, ele poderá te auxiliar e esclarecer todas as suas duvidas, alem de lhe propor o melhor (custo X beneficio) para sua obra.

Responder
Deixe sua resposta

Você deve estar cadastrado para responder as perguntas. Está proibido incluir telefones, e-mails ou links de sites externos. Sua resposta será revisada e excluída caso não cumpra a regra.

Peça orçamentos de engenheiros na sua região

Escolha um tipo de trabalho

Cadastre-se
Você é um profissional?

Fale com pessoas que estão procurando profissionais qualificados em obras, instalações, mudanças, etc.