Queda de energia pode queimar uma tv?

Gostaria de saber se com a queda de energia pode queimar uma tv?

Queda de energia pode queimar uma tv?

Gostaria de saber se com a queda de energia pode queimar uma tv?

Você tem alguma pergunta?
Pergunte à comunidade

35 Respostas

Respostas úteis 1
Francisco de Paula Faria
Elétrica Residencial Instalação E Manutenção Em Geral (Paulínia, São Paulo) Elétrica Residencial Instalação E Manutenção Em Geral - há 4 anos

Sim por isso que existe DPS justamente pra isso são dispositivos de proteção contra surto,quando a queda de energia geralmente os aparelhos estão plugados na tomada tv ,geladeiras e outro , quando volta a energia acorre o chamado pico de energia que da um tipo tranco e igual quando se liga um chuveiro, e isso que faz com que seus aparelhos eletrônicos diminua sua capacidade de uso tipo reduzindo o tempo de uso pelo fabricante.e outros fatores que ocorre devido também instalação que não suporta pode ocorre nesse fator tambem com quedas

Responder
Luiz Carlos Da Silva
Particular - há 4 anos

Queda de energia não acontece nada, porém, como todos os comentários, o que pode ocasionar danos, é a volta da energia que vem com sobre-tensão ou surto elétrico, neste caso deve ser instalado o "DPS", dispositivo de proteção contra-surto, mas deve se instalado por um profissional qualificado, pois existem DPS grade 1, grade 2 e grade 3.

Joel lopes braga junior
Casarin Serviços Eletricos (Valinhos, São Paulo) Casarin Serviços Eletricos - há 4 anos

Subtensão ou Sobretensão pode queimar sim sua televisão, porem existe no mercado equipamento No- break. no qual tem a função de equalizar tensão de alimentação do seu televisor. E garante por 1 ou mais nas ausencia da tensão. necessario verficar se vale a pena pois so estara protegendo teu televisor, restante de teus equipos estara fora de proteção. a dica fica sempre na duvida desligue disjuntores e chaves de proteções ok.

Responder
Leandro Silva
Jpl Elétrica - Projetos E Instalações (Piracicaba, São Paulo) Jpl Elétrica - Projetos E Instalações - há 4 anos

disjuntores, DR, e fusíveis não resolvem em picos de tensão, pois são equipamentos que nos asseguram a proteção contra sobrecarga do circuito (aquecimento) e curto circuito. o ideal para proteção contra picos de tensão na retomada da alimentação do sistema, é a utilização de dispositivos de proteção contra surtos (DPS) Dimensionado em acordo com o sistema, tensão nominal e etc.

Responder
Anderson Barbosa
Anderson - Eletricista, Instalação E Manutenção De Ar Condicionado. (Guarujá, São Paulo) Anderson - Eletricista, Instalação E Manutenção De Ar Condicionado. - há 4 anos

Não!! a queda de Energia não causa a queima desse tipo de equipamento, porém o retorno pode ser crucial. O correto é desligar qualquer ponto de alimentação externa até que a concessionária estabilize à tensão devida.

Responder
Rodrigo Oliveira
GVRN Engenharia e Inovações Tecnológicas (Franco da Rocha, São Paulo) GVRN Engenharia e Inovações Tecnológicas - há 4 anos

Comuns no verão, as fortes chuvas que atingem várias regiões do país têm causado recorrentes interrupções no fornecimento de energia elétrica. Com isso, muitos consumidores podem sofrer prejuízos materiais e não materiais, como a queima de eletrodomésticos e eletroeletrônicos.O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) alerta que, independentemente da existência de culpa, a responsabilidade pela reparação dos danos é da concessionária, de acordo com a resolução normativa nº 61 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Assim, se houver danificação de aparelhos elétricos, por exemplo, as distribuidoras de energia devem consertar, substituir ou ressarcir os consumidores. Pela resolução da nº 360/9 da agência, o prazo para encaminhar queixa à concessionária é de até 90 dias corridos. No entanto, o Código de Defesa do Consumidor (CDC) diz que o usuário tem até cinco anos buscar reparação de danos.

A distribuidora terá 10 dias corridos (contados da data do pedido de ressarcimento) para a inspeção e vistoria do aparelho, exceto se o equipamento danificado for utilizado para conservar alimentos perecíveis ou medicamentos, cujo prazo é de um dia útil.

Depois da inspeção, a empresa tem 15 dias corridos para informar se o pedido será aceito. Em caso positivo, os consumidores poderão ser ressarcidos em dinheiro, conserto ou substituição do equipamento danificado. O prazo para o ressarcimento do consumidor é de 20 dias corridos a partir da data da resposta da empresa.

Responder
Breno aniceto gomes  noronha

Prezada, sim a volta da energia pode queimar a TV. Não por problema na TV, mas devido a segurança de sua rede interna e de sua distribuidora de energia (energia da rua). Muito já foi falado neste forum e está correto, tanto tecnico quanto legal. Importante frisar é anotar data e hora da queima e antecedentes do tipo se sempre cai a energia na sua localidade ( distribuidora é culpada disso ), ou se houve algum sinistro ou mal uso (incêndio próximo, obra nas proximidades, gatos..)ou fenomenos naturais (tempestade, muita chuva, trovoadas, ventania, etc.). No caso dos últimos, só seguradora e olhe lá; nos anteriores, do ponto de vista legal, pode-se tentar algo. Mas prevenir é melhor que remediar, a instalação elétrica interna, com Dispositivos de prevenção contra surto, DR e disjuntores compatíveis com a carga diminuem bastante a dor de cabeça.

Responder
Jean Gonçalves
Hepmax Eletricidade E Telecomunicações (Jacaré, São Paulo) Hepmax Eletricidade E Telecomunicações - há 4 anos

A queda em si não. O problema está na hora em que o sistema de energia for restabelecido, nesse momento a tensão na rede pode ser maior que a tensão nominal, ocasionando queima dos equipamentos. Outro detalhe importante é que a energia pode ter caído devido a surto (raio) na rede, nesse caso, se o surto chegou até seu equipamento pode ter ocasionado a queima do mesmo, antes da retomada do serviço.

Lembre-se protetores de surto (DPS) são importantes nas instalações mas não têm 100% de eficácia.

Abs.

Responder
Carlos alberto de oliveira
Distribuidora De Materiais Eletricos (São Paulo Zona Leste, São Paulo) Distribuidora De Materiais Eletricos - há 4 anos

Ola a queda de energia EM SI não causa danos aos aparelhos e sim a volta da energia, pois em determinados casos existem os picos de energia e ai sim se os aparelhos que estiverem ligados na tomada , mesmos com filtro de linha e demais proteções as vezes não segura. Portanto uma atitude positiva para quem normalmente viaja é desligar todos os aparelhos da tomada. E em caso de acontecer uma queima acidental de algum aparelho peça uma pericia técnica e acione a concessionaria para ressarcimento, não é rápido mais funciona.

Responder
Josué Camilo
Josué Camilo (São Paulo Zona Centro, São Paulo) Josué Camilo - há 4 anos

Achei muito pertinente o comentário do Sr.Gilmar quanto à possível ocorrência de distúrbios na energização dos trafos, e quanto ao uso de estabilizadores desde que corretamente selecionados e aplicados.Pessoalmente recomendaria o uso de UPS's com chaveamento em estado sólido, e isolação galvânica no primeiro estágio.Isto para aplicações profissionais como equipamentos de áudio, segurança eletrônica e informática, por exemplo.No caso de demais equipamentos de uso não-profissional, eletrodomésticos em geral, creio que a correta aplicação de DPS's já estaria de bom tamanho para garantir a proteção necessária.

Somente confesso não compreender a relação com disjuntores, os quais são proteção contra sobrecorrentes apenas.

Ainda ouço a voz assertiva do colaborador Edilson Ribeiro, quando se refere à questão legal caso haja algum aparelho danificado. O orçamento então seria para a reparação ou subtitituição do bem danificado. Acredito que uma perícia iria levantar a ocorrência ou não, de fatos semelhantes e simultâneos em clientes conectados no mesmo ramal.

Ainda assim, acredito que prevenção seja a melhor estratégia;sempre. Principalmente num sistema elétrico tão sujeito a falhas como este nosso.Porquê ter dor-de-cabeça com demandas judiciais, alem dos transtornos evidentes, quando posso de forma preveniente e autônoma, me antecipar às anomalias elétricas iminentes?

A concessionária já teve sua chance de demonstrar idoneidade instalando uma proteção contra sobretensão na saída do trafo e não o fizeram!Nem contra sobrecorrentes.!No Máximo, exigem um eletrodo enterrado no padrão de entrada.

Isso aqui é Brasil! Aqui os caras fabricam relé térmico, e vendem isso com o título de "Disjuntor Termomagnetico"!!E o pior é que Ninguém (ou quase) fala nada.Tô nem aí eu falo mesmo! Josué Camilo .

Responder
Carlos CSE Solar Energy
Cse Solar Energy (Campinas, São Paulo) Cse Solar Energy - há 4 anos

Fatima, a queda de energia não é o problemas e sim a qualidade da energia que chega até o consumidor, no caso vc. Normalmente a queda de energia é ocasionada por algum evento, seja esse naturais ou referentes ao sistema eletrico. No caso de manobras para realocamento de carga errada ou por troca de linha de transmissão isso pode causar um disturbio menos grave, mas no caso de raios o problemas é bem maior. As torres de transmissão e cabos espalhados pela cidade pode absorver apenas parte desse energia e o restante acaba atingindo pessoas proximas e até queimar equipamentos. Porem toda essa responsabilidade de lhe entregar uma energia de boa qualidade é da concessionaria local. vc pode até usar alguns equipamentos para lhe proteger, porem nem sempre eles serão eficientes.

Responder
Edílson Ribeiro
Transervice & Cia (São Paulo Zona Norte, São Paulo) Transervice & Cia - há 4 anos

As respostas aqui prestadas estão dentro da normalidade, só chamo a atenção para um simples fato, entre em contato com a concessionária de enerhia com a data e o horário ocorrido que eles tomam as devidas providencias, se por acaso demorarem o que não é de costume deles, ai sim pode entrar em contato com o Habitissimo para que uma empresa faça um orçamento na verdade deverá efetuar três orçamentos e se dirigir a um juizado de pequenas causas do seu bairro que a justiça tomará as providencias.

Espero que tenha sanado todas as duvidas;

Grato

TRANSERVICE & CIA

EDILSON RIBEIRO

Responder
Sidnei  Cruz
Sac Instalação E Manutenção Elétrica (Guarulhos, São Paulo) Sac Instalação E Manutenção Elétrica - há 4 anos

Sim pode queimar não pela queda de energia, mas sim no retorno da mesma que pode alterar a sua voltagem superior

Responder
Edílson Ribeiro
Transervice & Cia (São Paulo Zona Norte, São Paulo) Transervice & Cia - há 4 anos

As respostas aqui prestadas estão dentro da normalidade, só chamo a atenção para um simples fato, entre em contato com a concessionária de enerhia com a data e o horário ocorrido que eles tomam as devidas providencias, se por acaso demorarem o que não é de costume deles, ai sim pode entrar em contato com o Habitissimo para que uma empresa faça um orçamento na verdade deverá efetuar três orçamentos e se dirigir a um juizado de pequenas causas do seu bairro que a justiça tomará as providencias.

Espero que tenha sanado todas as duvidas;

Grato

TRANSERVICE & CIA

EDILSON RIBEIRO

Josué Camilo
Josué Camilo (São Paulo Zona Centro, São Paulo) Josué Camilo - há 4 anos

Com o objetivo de complementar resposta anterior diria que a priori a simples ausência eventual de tensão não seria nociva a este tipo de aparelho principalmente se ele for moderno-autosense.Porém se houver uma oscilação abrupta dos valores de tensão num intervalo muito curto, pode sim danificar o estágio do aparelho responsável pelo "reconhecimento" da tensão de alimentação.Lembrando que a legislacao Tupiniquim tolera. ..15%de oscilação para mais ou para menos, nos valores nominais de tensão (voltagem ) da rede que alimenta as nossas coisas.Outrossim, pode haver o que chamamos de surtos de tensão originados por raios ou outros fatores, como a queda de um cabo de média tensão (13800V ) sobre uma rede secundária (220V), esta que alimenta tua casa. Ou ainda pode ter origem em sistemas elétricos industriais de potência relativamente elevada, que compartilhem do mesmo ramal que vc; estes são conhecidos como problemas de"chaveamento.

Infelizmente estes fenômenos que podem ser a causa de panes no fornecimento de energia e são imperceptíveis, pois ocorrem em intervalos curtíssimos, variando na ordem de 30 milionésimos à 20 milésimos,- só pra se ter uma idéia.E neste intervalo os valores de tensão podem variar de 2.500 a 4.000 volts no caso de chaveamentos ou muito mais que isso se a causa for o raio.Porém a tua TV é feita pra suportar algo em torno de uns 1.500V. E tudo o que conseguimos perceber é que "faltou energia".

Felizmente, como bem infomou o colega, há hoje dispositivos que aumentam a segurança da instalação diante destes riscos. Porém, assim como no caso de disjuntores para proteção contra sobrecorrentes, não basta escolher qualquer um e já ir instalando num quadro e, pronto; está tudo resolvido. É imperativo o acompanhamento e análise técnica de profissional habilitado e experiente, para uma aplicação que resulte numa proteção efetiva, e não apenas mais uma "pecinha cara no meu quadro elétrico ".

Espero ter sido útil no esclarecimento da questão,

Josué Camilo Alves.

Responder
Edmilsom dos Santos Dourado

Pode queimar se a energia ficar no vai e volta e a energia alternada ficar abaixo de 90 e acima de 127 ,,a tv precisa de energia estabilizada para manter a imagem ,,, se quiser proteger esse e outro equipamento compra uma tomada com D R (disjuntor diferencial residual ) de proteção ,,, bejamins com fusiveis tem de avaliar a corrente que esta sendo consumida ,,pois o condutor e o fusivel acaba não protegendo nada ,,,edmilsom empreiteira linear

Responder
Leandro Silva
Jpl Elétrica - Projetos E Instalações (Piracicaba, São Paulo) Jpl Elétrica - Projetos E Instalações - há 4 anos

DR são dispositivos que protegem contra choques e fugas de corrente para o terra do sistema e não picos de energia, ou seja, não resolveria. o que pode resolver é a instalação de um DPS no quadro de distribuição, nas fases e no neutro do sistema elétrico.

Alexandre Teofilo  Oliveira
Sos Eletrica (Guarulhos, São Paulo) Sos Eletrica - há 4 anos

Sim, com certeza. Se ao voltar a tensão for muito alta pode acarretar na queima do aparelho.

Mas existem bons protetores no mercado, que desarmariam antes

Responder
Gilmar Fontes
GF Construções & Reformas (São Paulo Zona Leste, São Paulo) GF Construções & Reformas - há 4 anos

Sim... muita das vezes ao retomar a energia, o transformador joga na rede uma tensão de voltagem alta, ocasionando queima de placas na tv, ou outros aparelhos. O filtro de linha as vezes consegue não deixar passar, mas as vezes acontece de passar por ele e queimar. O certo é ter os disjuntores de força nas especificações corretas, seguindo as normas para a tensão de voltagem desejada, e sempre bem distribuída na rede interna de sua casa para tal. Abs.

Gilmar Fontes
GF Construções & Reformas (São Paulo Zona Leste, São Paulo) GF Construções & Reformas - há 4 anos

Sim... muita das vezes ao retomar a energia, o transformador joga na rede uma tensão de voltagem alta, ocasionando queima de placas na tv, ou outros aparelhos. O filtro de linha as vezes consegue não deixar passar, mas as vezes acontece de passar por ele e queimar. O certo é ter os disjuntores de força nas especificações corretas, seguindo as normas para a tensão de voltagem desejada, e sempre bem distribuída na rede interna de sua casa para tal. Abs.

Rodrigo Oliveira
GVRN Engenharia e Inovações Tecnológicas (Franco da Rocha, São Paulo) GVRN Engenharia e Inovações Tecnológicas - há 4 anos

Na maioria dos aparelhos não danifica. O maior problema é que a energia pode voltar em uma tensão maior que a nominal, e aí pode ter uma queima.

Há alguns protetores e condicionadores que detectam a queda de tensão e cortam a alimentação, mesmo que a energia volte. Porém a maioria das proteções não tem esta função. Rodrigo técnico eletrotécnico

Deixe sua resposta

Você deve estar cadastrado para responder as perguntas. Está proibido incluir telefones, e-mails ou links de sites externos. Sua resposta será revisada e excluída caso não cumpra a regra.

Peça orçamentos de eletricistas na sua região

Escolha um tipo de trabalho

Cadastre-se
Você é um profissional?

Fale com pessoas que estão procurando profissionais qualificados em obras, instalações, mudanças, etc.